Publicado em Deixe um comentário

Visita ao Teatro Nós do Morro

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Caio Costa, Wal Schneider, Will DUbrok e Vitor Abreu em visita ao Espaço Cultural Nós do Morro. (ACERVO DO PROJETO.)

Nesse final de semana, estivemos no espaço do Grupo Nós do Morro. Esse grupo com mais de trinta anos de história nos ensinou o que é resistir na arte com amor e dedicação. Gratos pela receptividade e parabéns ao Guti Fraga, pela forma de conduzir esse projeto lindo de onde muitos talentos saíram. Parabéns também pelo excelente espetáculo musical Abalou, Um Musical Funk.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Will Dubrok, Guti Fraga, Wal Schneider e Caio Costa no Espaço Cultural Nós do Morro. (Foto: Vitor Abreu.)
Publicado em Deixe um comentário

Papo de Mestre com a atriz Malu Mader

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas
Wal Schneider e Malu Mader no Pátio Paschoal Carlos Magno. (Foto: Jorge Paulino.)

Malu Mader participou de um bate-papo, ontem (29), no Centro Cultural Chica Xavier, em Olaria. A atriz contou para os alunos do projeto No Palco da Vida como escolheu a profissão e quais foram os papeis mais difíceis que já interpretou. Malu recomendou aos jovens atores a leitura de “A Gaivota”, uma peça de teatro do dramaturgo russo Anton Tchekhov (1860-1904).

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, sapatos

“A família jamais podem ser um empecilho nos sonhos dos filhos. devem apoiá-los desde início até o sucesso.” Citou Malu.

A imagem pode conter: 34 pessoas, pessoas sorrindo
Malu Mader e Wal Schneider com os alunos do projeto. (Foto: Jorge Paulino)
Publicado em Deixe um comentário

Prêmio João Canuto – Direitos Humanos

A imagem pode conter: 10 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas no palco e área interna
Wal Schneider com o grupo No Palco da Vida em cima do palco. (Foto: Gerson Ferreira.)

O ator e diretor Wal Schneider ganha o Prêmio João Canuto de Direitos Humanos. Wal, coordena o Projeto Social No Palco da Vida, onde é se localiza na Rua Uranos, 1363 – Olaria. Da aulas de teatro para crianças, jovens e adultos do Complexo do Alemão e areas adjacentes. Na noite de segunda-feira 14/12/2015. o evento abre com a atriz Camila Pitanga,Camila Pitanga, Dira Paes e Salete Hallack.

A imagem pode conter: 13 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e área interna
Wal Schneider e Ricardo Rezende com o grupo No Palco da Vida no CCBB. (Foto: Vivian Melo.)
Publicado em Deixe um comentário

Espetáculo Memórias de Nossa Infância brilhou na Casa da Leitura

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé
Na foto: Lu Mendes (ao fundo) Caio Costa. (Foto: Jorge Paulino) 

O grupo de teatro No Palco da Vida apresentou o espetáculo Manifesto Quebra Tudo em uma montagem que pretende quebrar tabus e preconceitos. São crianças, adolescentes e jovens do Morro do Alemão e de outras comunidades do Rio de Janeiro que têm a oportunidade de se transformar em cima do palco.  No começo, vestidos de branco, dão voz aos poemas de Manoel de Barros, Cora Coralina e García Lorca. Recitam cada verso com a força de quem sente a delicadeza das palavras dos poetas e busca inspiração em seus textos. Em pouco tempo, tomam conta do palco as suas próprias histórias, misturando medos e sonhos, lembranças e vontades. Interpretam algozes e mártires. Usam o corpo para expressar a dor das perdas no cotidiano de moradores de regiões mais pobres. Na busca por seus sonhos, acordam do pesadelo em figurinos coloridos e brincadeiras. Eles se atiram ao chão ao som de tiros de uma metralhadora que é apontada para eles no vídeo projetado no telão. Pedem socorro. Trocam a morte pela vida e, a partir da interpretação de cada um, surge um manifesto por um país melhor. Com músicas de Gonzaguinha e Cazuza, os jovens artistas terminam a apresentação convidando o público a cantar junto, para sonhar junto e para construir um Brasil mais amigo.

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas em pé e área interna
Espetáculo Memórias de Nossa Infância, direção Wal Schneider. (Foto: Jorge Paulino)

Wal Schneider, diretor do espetáculo e idealizador do projeto, recebeu os aplausos do público e dos atores que encontram ali um espaço de liberdade e criação. Quando Wal ainda era José Waldemir da Silva, o garoto pobre da pacata cidade de Tabuleiro do Norte, no Ceará, não podia imaginar que se tornaria tão importante para centenas de meninos e meninas de um lugar chamado Complexo do Alemão. As dificuldades são muitas, mas o sonho de continuar com o projeto social supera qualquer adversidade.

Com o apoio dos próprios jovens da comunidade, em múltiplas tarefas, Wal tem conseguido ampliar o projeto para ajudar ainda mais jovens. Hoje, a Escola de Teatro No Palco da Vida funciona no Centro Cultural Chica Xavier. É um casarão que tem como padrinho o escritor Chico Azevedo e fica na Rua Uranos, em Olaria, zona norte do Rio. Wal diz que tem muita saudade da sua cidade e da família, mas quando pensa nas crianças que já passaram pelo projeto, no respeito da comunidade, no amor que os alunos têm pelo teatro, reúne forças para continuar, mesmo que falte dinheiro ou sobrem dificuldades. Afinal, o espetáculo tem que continuar no palco da vida.

  

A imagem pode conter: 19 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna
Final do espetáculo na Casa da Leitura (ACERVO DO PROJETO.)

  

Publicado em Deixe um comentário

Grupo No Palco da Vida na gravação da Série ”Ribanceira”

A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, sapatos, shorts e atividades ao ar livre
Alunos com o ator Miguel Nader nos bastidores da Série “Ribanceira”. (ACERVO DO PORJETO.)

Uma grande experiência, novas oportunidades e grandes novidades. Um dia maravilhoso. Queremos agradecer a Melise Maia e Hélio Ribeiro pela grande oportunidade para os meninos e meninas do projeto “No Palco da Vida”, e por toda sua equipe da série Ribanceira. Obrigado por tudo.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre
Babi Lisboa, Raquel Fonseca e Marlene Freitas nos bastidores da gravação (Foto: Will Dubrok.)
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé, sapatos, criança e atividades ao ar livre
Bastidores da gravação da série “Ribanceira”. (ACERVO DO PROJETO.)

Confira o trailer da Série:

Publicado em Deixe um comentário

Criador de projeto No Palco da Vida, localizado na região do Complexo do Alemão é vencedor do Prêmio Extraordinários na categoria Superação

Wal (de verde) é ganhador do prêmio Extraordinário - Categoria: Superação
Wal Schneider (de verde) venceu na categoria superação (Foto: Gerson Ferreira)

Aos 17 anos saiu do Céara – Tabuleiro do Norte em um caminhão de melão em busca de ser ator no Rio de Janeiro, com apenas 25 reais no bolso. Wal, passou fome, fez faxina para pagar a faculdade na CAL -em Laranjeiras. O sonho foi maior que isso,, em 2007 criou o Projeto No Palco da Vida para crianças, jovens e adultos do Complexo do Alemão e areas adjacentes. Esse ano o projeto completa 10 anos de história, já passaram em torno de 4.000 pessoas participando de oficinas, aulas experimentais e participando de atividades no projeto. Wal Schneider foi ganhador do Prêmio Extraordinários – Categoria: Superação, no Teatro Tom Jobim, no Jardin Botânico. No Centro Cultural Atriz Chica Xavier, onde se localiza a sede No Palco da Vida, além de realizar aulas de teatro, tem uma Biblioteca com mais de 3.200 livros com 5 mil titúlos de arte em geral, e uma videoteca com mais de 7.000 dvd’s com documentários, filmes, espetáculos e outros assuntos.

Wal num discurso emocionante

Há 20 anos, subi num caminhão de melão com o coração partido, com apenas 25 reais no bolso. morrendo de medo do que queria, não teve erro. Prometi que, se eu conseguisse alcançar meu sonho, eu iria ajudar outras pessoas tocarem seus sonhos Disse Wal, num discurso emocionado no palco.

Wal Schneider e o grupo ganhando o Prêmio Extraordinário na Categoria Superação – 2015 (Foto: Vivian Melo)
Publicado em Deixe um comentário

Apresentação da Peça Memórias de Nossa Infância no ATADOS (Dia das Boas Ações)

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, árvore e atividades ao ar livre
Elenco se apresentando no evento do ATADOS – Dia das Boas Ações. (Foto: Fernando Tribino)

RJ TV 1ª edição faz uma matéria nobre vento Dia das Boas Ações, do Atados Rio. A Galera do Projeto No Palco da Vida fala um pouco sobre o espetáculo memórias de Nossa Infância e o Projeto.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas
Em cena Will Dubrok, Vitor Abreu e Jorge Silva na performance de Memórias de Nossa Infância. (Foto: Fernando Tribino)

ASSISTA A REPORTAGEM AGORA:

Publicado em Deixe um comentário

Os alunos tem uma oficina na Escola Nacional de Circo (FUNARTE)

A imagem pode conter: 17 pessoas, pessoas sorrindo
Wal, Maristela Rangel, Sonia e o grupo No Palco da Vida com os integrantes da Escola Nacional de Circo (Foto: Vitor Abreu) 2014.

PALCO E CIRCO!

Novas experiências, novos ares, novas emoções. Viva a arte, seja ela de qual tipo for. No dia 10 de Outubro de 2014, os alunos do Projeto Social No Palco da Vida trocam experiências com os integrantes uma tarde inteira na Escola Nacional de Circo do Brasil (ENC).

Publicado em Deixe um comentário

“Do caderno para Câmera” curta-metragem retrata de Intolerância Religiosa

Duas Rosas

Resultado de imagem para duas rosas - will dubrok
Cartaz do filme Duas Rosas, de Will Dubrok.Foto de divulgação. (DIVULGAÇÃO)

Conta história de Alex e Diana, dois jovens que lutam para ficar juntos, mas o destino os leva a separação por suas diferenças religiosas. – Tudo partiu de um trabalho de escola que estava montando, dai tive a ideia de fazer um curta-metragem com grupo. Não havia recurso algum, mas coloquei a cara a tapa e arrisquei mesmo assim. A mensagem do filme é muito bonito, por que nos faz refletir do olhar sobre o próximo, o romance entre os dois jovens é apenas o gacho puxando fatos reais.-  Diz Will.

O cenário e o figurino foram compostos pelos próprios alunos, pegando figurino de espetáculo, objetos para cenário. – Fomos numa mata pegar galhos de árvore para montar uma fogueira. – Diz Caio Costa um dos personagens. Depois do filme já pronto, o grupo fez uma sessão em uma das salas de aula onde acolheu mais de 50 pessoas.

Will Dubrok. (Foto: Jorge Paulino.)

Em 2019 está previsto o lançamento do livro. No qual vai ter situações mais ablangente. Trás novos personagens como Marcos Vinicius, que foge dos princípios da igreja e percebe que a Wicca não é o véu no qual a igreja impregnou.

Saiba mais no video abaixo:

Publicado em Deixe um comentário

Dança para o mundo!

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, sapatos, noite e área interna
Espetáculo Dis Forme, de Raffa Barros (Foto: Caio Costa)

Espetáculo de Dança Dis-Forme, de Raffa Barros.

Todo mundo se pergunta o motivo da existência na terra e a vida normal que cada um leva, mas ninguém se pergunta dos sentimentos internos mais profundo, no qual no fazemos coisas sem sentido ou não ter feito. Dis-Forme trás um pouco da dança Botoh. – Algumas pessoas sempre pensa que a vida é uma competição, quem vai chegar na linha de chegada primeiro… Isso faz esquecer que todo mundo pode chegar ao mesmo tempo sem puxar tapete de ninguém. – Diz Raffa Barros.

Nenhuma descrição de foto disponível.
Em cena Will DUbrok e Manu Souza. (Foto: Caio Costa)
A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sentadas, pessoas no palco e noite
Em cena (Esquerda pra direita.) Vitor Abreu, Will Dubrok, Sylvia Mariano, Raffa Barros e Manu Souza. (Foto: Caio Costa)

Uma das cenas mais emblemática, é que os atores-bailarinos brigam para quem vai possuir pra si um pedaço de pano vermelho, com expressões intensas. No elenco está Raffa Barros, Manu Souza, Sylvia Mariano, Vitor Abreu, Mylena Barbosa e Will Dubrok.

Confira o trecho do espetáculo abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=wf7ajRXcpiM