Publicado em Deixe um comentário

Memórias de Nossa Infância brilhou nas Bibliotecas Parques do Rio de Janeiro

A imagem pode conter: 10 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Elenco do espetáculo memórias de Nossa Infância. 2016 (ACERVO DO PROJETO.)

Muita coisa vem acontecendo desde o início do ano de 2016. Tivemos a ideia de levar o nosso espetáculo para as Bibliotecas Parques. Deu certo! Circulou por Manguinhos, Complexo do Alemão, Niterói e Rocinha.

Uma experiência única para os alunos novos que chegaram, como a Ana Ferreira de 76 anos, que atua e toca violão em cena – Eu nunca pensei que passaria por essas coisas, o projeto me ajudou a ver que posso entrar em cena, mesmo com toda minha timidez. O elenco me ajudaram muito, como a Edê que passava as letras das músicas da peça comigo. – Diz Ana. Pessoas especiais como a Juliana Patrocinio que tem leve grau de autismo, que ao entrar em cena se inspira na dança Carimbó. O CarlosEstrella também tem certo grau de autismo, toca violão e piano super bem .

Esse ano foi o melhor elenco, por que desenvolvemos talentos para música também, cantando ao vivo, nunca pensei que cantaria – Diz Luiz Alberto de 13 anos. Todo mundo carrega um sonho intenso dentro de si mesmo e o projeto vem despertando isso, como a Sylvia Mariano que faz faxina no trabalho o dia inteiro, entra em cena e ajuda o projeto. Caio Costa e Will Dubrok ensaiando as músicas, Vitor Abreu na co-direção, Edê Barbosa, Amanda Oliveira, Juliana, Rô Santana no cenário cada um criando em torne de conjunto.

O espetáculo conta histórias de nordestino que saíram do ceará em busca de serem artistas no Rio de Janeiro, ao chegar aqui se deparam com situações sociais bem diferente da realidade que viviam. O espetáculo trás texto de Frederico Garcia Lorca, Manoel de Barros, Cora Coralina, João Cabral de Melo Neto, Torquato Netto, Clarice Lispector, Bertolt Brecht e Ricardo João Magalhães. Com músicas de Tom Zé, Renato Teixeira, Elza Soares, Arnaldo Costa, Luiz Gonzaga, Cazuza, Sandra Peres e Gonzaguinha.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, casamento e close-up
Sylvia Mariano e Ana Ferreira nos bastidores do espetáculo memórias de Nossa Infância (Foto: Will Dubrok)
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *